DOR NO JOELHO EM CRIANÇAS

DOR NO JOELHO EM CRIANÇAS

A dor no joelho em crianças pode ter inúmeras causas. Uma das causas mais comuns é o uso excessivo dos joelhos em crianças fisicamente muito ativas, mas a dor no joelho também pode ser causada por traumatismos, lesões e/ou doenças. Adolescentes ativos costumam se queixar de dores nos joelhos sem terem sofrido nenhum tipo de traumatismo.

CAUSAS DA DOR

O uso excessivo dos joelhos é a causa mais comum de dor nos joelhos de crianças. A articulação do joelho infantil é extremamente sensível a pequenos problemas de alinhamento, treinamento e uso excessivo. A pressão de lateralização da patela no joelho em crescimento, por exemplo, provoca dor na região anterior do joelho. Dos outros fatores que podem estar envolvidos na gênese de dor nos joelhos das crianças, os mais encontrados são: desequilíbrio da musculatura da coxa, pouca flexibilidade do joelho, alterações no alinhamento do membro inferior, uso inadequado de equipamentos esportivos, excesso de treinamento esportivo, treinamento esportivo com técnica errada, contusões e entorses.

TRAUMATISMOS

Contusões, entorses, luxações e fraturas são os tipos de traumatismos que podem acometer o joelho infantil. Um tipo especial de fratura é o descolamento epifisário ou fratura fisária. No fêmur distal e na tíbia proximal estão localizadas duas placas fisárias, que são os locais onde os ossos longos crescem em comprimento. Essas placas fisárias são cartilaginosas e, portanto, são a parte mais frágil num osso longo. Fraturas fisárias podem comprometer o crescimento ósseo da criança e devem ser diagnosticadas e tratadas por um médico ortopedista.

DOR NO JOELHO DE CRIANÇAS

LESÕES E DOENÇAS

As lesões e doenças mais comuns e que provocam dor nos joelhos de crianças são: lesão do ligamento cruzado anterior ( LCA ), luxação da patela, doença de Osgood-Schlatter, doença de Sinding-Larsen-Johansson, artrite juvenil, menisco discóide e osteocondrite dissecante. Apesar de raro, alguns tumores ósseos podem ser a causa de dor no joelho de crianças. A dor é o sintoma mais comum do câncer ósseo infantil. Muitas vezes é sentida no osso ou articulação perto de onde o tumor se desenvolve. O joelho é sede frequente dessas patologias. A leucemia infantil também pode cursar com dores na região dos joelhos.

SINTOMAS

A dor no joelho em crianças pode estar associada a outros sintomas. Estalos, estalidos, inchaço, vermelhidão, febre alta, instabilidade, bloqueio e rigidez articular podem estar presentes junto com o joelho dolorido da criança. A dor pode variar de um pequeno desconforto ao fazer algum esforço ou andar até quadros de dor intensa, que impossibilita o movimento articular e/ou a deambulação.

EXAMES

Toda criança com queixa de dor no joelho deve ser levada para ser avaliada por um médico ortopedista especialista em joelho. Exames serão solicitados pelo especialista para fazer o diagnóstico da causa da dor. Exames de sangue, RX e ressonância magnética são os exames mais comuns, mas outros exames podem ser necessários para o diagnóstico correto da dor no joelho da criança.

DORES DO CRESCIMENTO

Crianças ativas costumam se queixar de dores nos seus joelhos. Muitas vezes os exames dessas crianças são absolutamente normais. O médico especialista dá o diagnóstico, nesses casos, de dor do crescimento. A dor do crescimento é causada por um desequilíbrio entre o crescimento do fêmur e da tíbia em comprimento sem o correspondente alongamento da musculatura ao redor do joelho. As retrações musculares resultantes acabam provocando dores nos locais onde os grandes grupos musculares se inserem nos ossos ao redor do joelho.

ESPECIALISTA

É importante ressaltar que não é normal sentir dor no joelho. A criança que se queixa de dores nos seus joelhos deve ser avaliada por um médico especialista, sempre. Esse sintoma não pode ser negligenciado pelos pais da criança.

TRATAMENTO

Na maioria dos casos a dor no joelho em crianças é tratada de maneira conservadora com repouso, medicamentos, diminuição do excesso de atividades físicas e diminuição do peso corporal nas crianças que estão com sobrepeso. Sessões de fisioterapia podem ajudar bastante. Cirurgias são raramente indicadas.

WhatsApp
(41) 98824-3384
Cadastro
Agendamento