ARTROSCOPIA DE JOELHO

ARTROSCOPIA DE JOELHO

Atualmente a maioria das cirurgias de joelho podem ser feitas através de uma técnica moderna e avançada de cirurgia por vídeo, minimamente invasiva, chamada artroscopia. Na artroscopia de joelho são feitas normalmente duas mini-incisões, uma de cada lado do joelho, não maiores do que 5 mm cada. Por um desses orifícios o médico introduz o artroscópio, um instrumento óptico que é acoplado a uma câmera e que transmite as imagens de dentro da articulação, ampliadas e em alta resolução, para um monitor de vídeo. Pelo outro orifício são inseridos os instrumentos cirúrgicos artroscópicos que permitem ao cirurgião tratar as lesões.

ARTROSCOPIA

A artroscopia é uma técnica para abordagem da articulação através de pequenas incisões. Através da artroscopia o cirurgião fará os procedimentos dentro do joelho. Os procedimentos dependerão das estruturas lesionadas. Meniscos, ligamento cruzado anterior e cartilagem são as estruturas mais comumente abordadas através da artroscopia de joelho. Antigamente as cirurgias de joelho eram feitas através de grandes incisões. Atualmente, com a técnica artroscópica, os mesmos procedimentos podem ser feitos através de duas ou três mini-incisões.

CIRURGIA ARTROSCÓPICA

Os instrumentos cirúrgicos de última geração para artroscopia de joelho são menores, mais precisos e têm um número maior de funções do que aqueles usados alguns anos atrás. Um cirurgião habilidoso, com experiência em cirurgias artroscópicas, tendo à sua disposição esse instrumental cirúrgico de última geração, faz a maioria dos procedimentos em poucos minutos. O número de instrumentos cirúrgicos de altíssima precisão para a cirurgia artroscópica é grande e, como a tecnologia na área médica evolui rapidamente, sempre temos novidades. As equipes cirúrgicas de ponta dispõem desses instrumentais modernos e estão em constante treinamento para utilização das novas tecnologias.

TÉCNICA CIRÚRGICA ARTROSCÓPICA

A técnica artroscópica já existe há alguns anos. O que temos hoje de diferente são os novos instrumentais e a alta qualidade das imagens de vídeo. Os resultados cirúrgicos hoje são muito melhores por causa dessas inovações, diferentemente de como eram há alguns anos, quando a técnica começou. Na cirurgia artroscópica atual o cirurgião faz os procedimentos acompanhando tudo em monitores de vídeo de altíssima definição. Temos mais de um monitor na sala cirúrgica, onde podemos ver todas as informações dos pacientes, as imagens dos exames ( radiografias, tomografias e ressonâncias magnéticas ) e diferentes ângulos dos procedimentos que estão sendo executados, garantindo assim maior precisão. Os mais modernos hospitais do país já contam com salas de cirurgia e equipamentos de última geração para os procedimentos artroscópicos. Isso garante excelentes resultados cirúrgicos e segurança para os pacientes.

ARTROSCOPIA DO JOELHO

VANTAGENS DA ARTROSCOPIA

As vantagens da artroscopia de joelho para os pacientes são enormes: procedimento rápido, pouca ou quase nenhuma dor, pouco tempo de internação, cicatrizes quase imperceptíveis, rápida recuperação e, consequentemente, rápido retorno às atividades rotineiras e esportivas. Na grande maioria dos casos sequer é necessário imobilizar o joelho depois da cirurgia. Em uma semana são retirados os pontos e as cicatrizes costumam desaparecer em pouco tempo. A recuperação de uma cirurgia artroscópica de joelho é bem mais rápida quando comparada com as cirurgias antigas. Em alguns dias apenas os pacientes já retornam às suas atividades cotidianas. Em algumas semanas já podem voltar às atividades físicas normais.

INDICAÇÕES

A artroscopia de joelho é a técnica mais utilizada para o tratamento das lesões nos meniscos, na cartilagem do joelho, na cartilagem da patela e no ligamento cruzado anterior. Mas inúmeras outras condições traumáticas e patológicas também podem ser abordadas através da artroscopia, com excelentes resultados cirúrgicos.

CONTRA-INDICAÇÕES

As principais contra-indicações para uma artroscopia de joelho são: infecção, tumores, trombose venosa profunda, rotura capsular, síndrome compartimental e algumas deformidades.

COMPLICAÇÕES

Complicações em artroscopias de joelho são raras. Foram relatadas hemartroses, infecções, lesões vasculares, trombose venosa profunda e distrofia simpático reflexa.

ANESTESIA

A artroscopia do joelho costuma ser um procedimento rápido. O anestesiologista, na consulta pré-anestésica do paciente, irá escolher a melhor técnica anestésica para a cirurgia indicada pelo cirurgião ortopédico. A anestesia geral e a anestesia raquidiana são as técnicas mais utilizadas.

INTERNAÇÃO HOSPITALAR

A artroscopia de joelho deve ser feita no centro cirúrgico de um hospital equipado para esse tipo de cirurgia. Na maioria das vezes, quando a cirurgia é feita pela manhã, o paciente pode ter alta no final da tarde do mesmo dia.

ARTROSCOPIA
ARTROSCOPIA - INSTRUMENTAL

RECUPERAÇÃO

A recuperação do paciente após uma artroscopia de joelho costuma ser bastante tranquila. O paciente deve seguir as recomendações do seu médico. Há necessidade de repouso por alguns dias, usar muletas para deambular, manter a perna elevada e fazer compressas de gelo. Curativos simples devem ser trocados diariamente. Os pontos devem ser mantidos secos e protegidos.

FISIOTERAPIA

Sessões de fisioterapia são muito importantes após uma artroscopia de joelho. O cirurgião descreverá ao fisioterapeuta do paciente os procedimentos que foram realizados durante a artroscopia e quais são os protocolos a serem seguidos na reabilitação do joelho operado.

TREINAMENTO DO CIRURGIÃO

A cirurgia artroscópica de joelho exige muita habilidade do cirurgião. Existe uma longa curva de aprendizado para dominar todas as técnicas. Alguns anos de treinamento são necessários para o cirurgião ortopedista estar habilitado a realizar uma artroscopia de joelho. O paciente deve escolher, para sua cirurgia, um médico especialista em artroscopia de joelho.

WhatsApp
(41) 98824-3384
Cadastro
Agendamento