ANATOMIA E FISIOLOGIA DO JOELHO

ANATOMIA E FISIOLOGIA DO JOELHO

O joelho humano é uma articulação bastante complexa, que envolve o movimento coordenado de três ossos, vários ligamentos e vários músculos. Os três ossos que se articulam no joelho são: fêmur, tíbia e patela. Eles são revestidos por uma camada de cartilagem para que se articulem entre si com baixa fricção. O líquido sinovial, produzido pela sinóvia, é o lubrificante natural da articulação.

LIGAMENTOS

O fêmur e a tíbia são ligados entre si por quatro ligamentos principais: ligamento cruzado anterior, ligamento cruzado posterior, ligamento colateral medial e ligamento colateral lateral.

PATELA

A patela é um osso sesamóide. Ela fica dentro do tendão do músculo quadríceps femoral e liga o músculo à tíbia através do tendão patelar. A cápsula articular e os ligamentos retinaculares mantêm a patela na tróclea femoral, o sulco no fêmur onde ela se articula, impedindo-a de se deslocar.

MENISCOS

O joelho tem dois meniscos. Eles são pequenos anéis semicirculares de fibrocartilagem fixados na tíbia. Os meniscos funcionam como amortecedores e fazem a adaptação entre o fêmur e a tíbia. Também ajudam a espalhar o líquido sinovial e a manter o fêmur na posição correta durante os movimentos da articulação.

CÁPSULA ARTICULAR

A cápsula articular envolve toda a articulação do joelho e abriga todas as estruturas internas da articulação, mantendo-a hermeticamente fechada. As paredes internas da cápsula articular são revestidas pelo tecido sinovial ( sinóvia ), que é responsável pela produção do líquido sinovial, o líquido lubrificante natural da articulação. O líquido sinovial é também responsável pela nutrição da cartilagem.

COMPARTIMENTOS

O joelho é dividido em três compartimentos distintos: femorotibial medial, femorotibial lateral e patelofemoral.

MÚSCULOS

O quadríceps femoral, formado pelos músculos vasto medial, vasto intermédio, vasto lateral e reto femoral, é responsável pela extensão do joelho. A flexão do joelho é feita pelos músculos posteriores, que são: sartório, grácil, semitendíneo, semimembranáceo e bíceps femoral.

MOVIMENTOS

A articulação do joelho pode dobrar ( flexão ), esticar ( extensão ), deslizar para frente e para trás ( translação ) e também girar para dentro e para fora ( rotação ). O joelho é uma articulação cujos movimentos acontecem em todos os planos e são bastante complexos porque são combinados. Os movimentos mais complexos do joelho costumam ocorrer durante a prática de esportes. Movimentos descoordenados costumam ser os causadores de lesões.

EXPOSIÇÃO

O joelho é a maior articulação do nosso corpo. Ele está relativamente exposto porque poucos tecidos cobrem a sua frente e os seus lados. Como a pele e a cápsula articular são pouco espessas na região do joelho, a articulação fica desprotegida.

DOENÇAS E LESÕES

A artrose, que é a degeneração da cartilagem, é a doença que mais acomete o joelho. Em relação às lesões, a lesão meniscal e lesão do ligamento cruzado anterior são as mais comuns.

WhatsApp
(41) 98824-3384
Cadastro
Agendamento