LESÃO DO LIGAMENTO COLATERAL LATERAL

LESÃO DO LIGAMENTO COLATERAL LATERAL

O LIGAMENTO COLATERAL LATERAL, também chamado de LCL, é um dos quatro importantes ligamentos do joelho. Ele fica na parte de fora do joelho ( lateral ) e liga o fêmur à tíbia e à fíbula. O LCL faz parte do COMPLEXO LIGAMENTAR PÓSTERO-LATERAL DO JOELHO, juntamente com o tendão poplíteo e o ligamento poplíteofibular.

LESÃO DO LCL

Dos quatro ligamentos mais importantes do joelho, o ligamento colateral lateral é o que menos sofre lesões. O LCL costuma ser lesionado quando o joelho sofre uma entorse e a perna é forçada para dentro em relação à coxa ( mecanismo de varização ). No nosso meio esse mecanismo de trauma, que é um traumatismo indireto, não é muito comum. Atletas de esportes como rugby, futebol americano, esqui, wakeboarding e hóquei são propensos a esse tipo de lesão.

SINTOMAS

O paciente com lesão do LCL sente dor na parte externa do joelho, que piora com a tentativa de varização ou deambulação. A face lateral do joelho, na região da cabeça da fíbula, pode ficar inchada e apresentar equimose. Formigamento e perda da sensibilidade na perna e no pé podem indicar comprometimento do nervo fibular. Pode haver bloqueio articular do joelho devido ao quadro de intensa dor.

DIAGNÓSTICO

A lesão do LCL pode ser constatada pelo exame de Ressonância Magnética do joelho. O exame de RX costuma ser normal. Os ligamentos do complexo póstero-lateral podem sofrer um estiramento, ruptura parcial ou ruptura total.

TRATAMENTO

O tratamento pode ser conservador nas pequenas lesões com medicamentos anti-inflamatórios, fisioterapia e repouso. Quase sempre são usados braces. As lesões maiores e mais extensas precisam de cirurgia para reconstrução dos elementos ligamentares do complexo póstero-lateral que foram lesionados. O tempo de recuperação pode chegar até a 6 meses, dependendo da gravidade da lesão.

WhatsApp
(41) 98824-3384