DESGASTE DA CARTILAGEM

DESGASTE DA CARTILAGEM DO JOELHO

A cartilagem é o tecido branco e brilhante que recobre os ossos dentro do joelho, permitindo que eles se articulem entre si com o mínimo de atrito. Existe cartilagem nos côndilos do fêmur, no platô tibial e também na patela.

LESÕES E DEGENERAÇÃO DA CARTILAGEM

O tecido cartilaginoso pode sofrer lesões e/ou degenerar. As lesões da cartilagem são comuns em traumatismos do joelho. Uma pancada ou uma entorse podem comprometer a estrutura da cartilagem e dar início ao processo degenerativo. A degeneração da cartilagem é conhecida como ARTROSEOSTEOARTROSE ou OSTEOARTRITE. A degeneração da cartilagem do joelho é chamada de GONARTROSE. No nosso meio a expressão médica mais usada e conhecida é ARTROSE DO JOELHO.

ARTROSE DO JOELHO

A artrose é uma doença multifatorial que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Nas fases mais avançadas da doença o paciente sente muita dor e tem a mobilidade do joelho diminuída, comprometendo significativamente a qualidade de vida. Os fatores que podem provocar a artrose são divididos em dois grupos: fatores modificáveis ( peso corporal, tabagismo, excesso de atividades físicas, exercícios de alto impacto, má alimentação, etc… ) e fatores não-modificáveis ( idade, sexo, genética, doenças reumáticas, etc… ). O processo degenerativo da cartilagem começa com o seu amolecimento ( grau I ou CONDROMALÁCIA ) e, à medida que a degeneração aumenta, a cartilagem vai ficando cada vez menos espessa, até chegar ao grau IV, onde há exposição óssea. Quando a artrose afeta duas superfícies que se articulam até o grau IV, dizemos que o desgaste chegou no seu grau máximo, ou seja, osso com osso. O joelho é a articulação mais afetada pela artrose. Um dos principais motivos é a biomecânica do joelho. Quando fletido, o joelho se transforma no centro de uma alavanca, multiplicando o peso do corpo que ele suporta. A cartilagem amolecida não suporta toda essa pressão e começa a se degenerar.

ESCADAS, AJOELHAR E AGACHAR

Subir e descer escadas, ajoelhar e agachar são os movimentos que mais sobrecarregam o joelho no dia a dia. Quem tem algum problema na cartilagem costuma sentir dor quando faz esses movimentos. Dor no joelho ao usar escadas foi, segundo um estudo, o primeiro sintoma observado pela maioria dos pacientes com condropatia.

A CARTILAGEM DO JOELHO NÃO SE REGENERA

As lesões da cartilagem e a artrose são um grande problema para os ortopedistas porque o TECIDO CARTILAGINOSO NÃO SE REGENERA. Isso acontece porque a cartilagem não é vascularizada, além de possuir poucas células cujo metabolismo é bem baixo. Por esse motivo é que todos os tratamentos existentes hoje para as condropatias do joelho são paliativos. Nenhum deles irá regenerar a cartilagem hialina que se desgastou. O objetivo de todos os tratamentos é diminuir o principal sintoma da doença artrose, que é a dor, e diminuir a velocidade do processo degenerativo. Basicamente esses tratamentos são divididos em 3 grupos: medicamentos ingeridos por via oral, medicamentos aplicados diretamente no joelho ( infiltrações ) e cirurgias ( ARTROSCOPIAMOSAICOPLASTIAmicrofraturasSUBCONDROPLASTIAARTROPLASTIA, etc… ).

DIAGNÓSTICO DA ARTROSE NO JOELHO

Para fazer o diagnóstico da artrose no joelho, o médico especialista precisa examinar o paciente e depois analisar dois exames de imagem: RX RESSONÂNCIA MAGNÉTICA. Os exames mostram a localização da doença, sua extensão e o seu grau, além de identificar lesões associadas. Com o diagnóstico definido, será indicado o melhor tratamento.

DOR E BARULHOS NO JOELHO

Dor e BARULHOS NO JOELHO são os dois primeiros sinais da artrose. É muito importante consultar um MÉDICO ORTOPEDISTA ESPECIALISTA EM JOELHO sempre que perceber qualquer um desses sintomas.

TRATAMENTOS PARA A CARTILAGEM DO JOELHO

Existem vários tratamentos modernos para evitar, ou diminuir, a velocidade da degeneração da cartilagem. Quanto mais cedo se faz o diagnóstico da artrose no joelho, melhor é o prognóstico. A VISCOSSUPLEMENTAÇÃO, por exemplo, é um excelente tratamento, com ótimos resultados quando instituída nas fases iniciais da doença.

EVITE TRANSTORNOS NA VELHICE

A artrose no joelho pode causar grandes transtornos já na meia-idade e, depois, na velhice. O paciente sente dor constante e tem a sua mobilidade prejudicada. Isso afeta muito a qualidade de vida. O importante é diagnosticar a artrose e começar os tratamentos preventivos precocemente. Por isso recomendamos consultar um médico ortopedista especialista em joelho sempre que sentir dor ou perceber barulhos ao movimentar o joelho.

WhatsApp
(41) 98824-3384