PATELA

PATELA

A patela, antigamente chamada de rótula, é o pequeno osso móvel localizado na frente do joelho. Ela tem a forma triangular. Na sua base se insere o tendão quadricipital e do seu ápice se origina o tendão patelar. A patela faz parte do mecanismo extensor do joelho. Ela se articula com o fêmur na tróclea femoral, que é o sulco existente no fêmur distal e que forma a articulação patelofemoral.

OSSO SESAMÓIDE

A patela é classificada como um osso sesamóide porque está localizada dentro do tendão do músculo quadríceps femoral.

CARTILAGEM

A superfície articular da patela é recoberta por uma espessa camada de cartilagem hialina. É a cartilagem mais espessa dentro de uma articulação no nosso corpo.

CLASSIFICAÇÃO

Uma elevação longitudinal e central na cartilagem da patela divide a superfície articular nas suas duas facetas principais – medial e lateral. Wiberg classificou as patelas em 3 tipos. A patela tipo I tem as facetas medial e lateral do mesmo tamanho. A patela tipo II tem a faceta lateral um pouco maior do que a faceta medial. Na patela tipo III a faceta lateral é bem maior do que a faceta medial. A patela mais comum é a do tipo II de Wiberg, que está presente em cerca de 57% dos joelhos. A patela tipo I está presente em 24% dos joelhos e a tipo III em apenas 19% dos joelhos.

PATELA DO JOELHO

FUNÇÃO

A função biomecânica da patela é aumentar o braço de alavanca na frente do joelho para que o músculo quadríceps faça a extensão da perna sobre a coxa com menor força. A patela também oferece proteção para a região anterior do joelho.

LESÕES E DOENÇAS

Por estar relativamente exposta e ser submetida a enormes forças de tração e de compressão, a patela é suscetível a lesões e doenças. Fraturas e luxações são as lesões mais frequentes. Condromalácia patelar, artrose, Hoffite, bursite, tendinite patelar e tendinite quadricipital são as doenças mais comuns.

EXAMES DE IMAGEM

O médico ortopedista especialista em joelho costuma solicitar 3 exames de imagem para estudar a patela: RX, tomografia computadorizada e ressonância magnética.

ÁCIDO HIALURÔNICO

O melhor resultado da viscossuplementação, que é a aplicação de ácido hialurônico no joelho, é no tratamento da condromalácia patelar, principalmente nos seus graus iniciais.