INJEÇÃO NO JOELHO

INJEÇÃO NO JOELHO

Injeção no joelho é um procedimento relativamente comum nos consultórios de médicos ortopedistas especialistas em joelho e/ou Medicina Esportiva. O joelho é a maior articulação do nosso corpo e tem a vantagem de ser uma articulação superficial. Essas características anatômicas facilitam a aplicação das injeções dentro e ao redor da articulação do joelho.

INJEÇÃO

Injeção é o procedimento médico para introduzir medicamentos na forma líquida dentro do nosso corpo usando uma seringa com agulha. A injeção é uma forma de administração de medicamento chamada de parenteral porque o medicamento administrado não será absorvido pelo aparelho gastrointestinal.

INJEÇÃO NO JOELHO

Quando a injeção é feita ao redor ou diretamente dentro do espaço articular de uma junta, chamamos o procedimento de infiltração articular. Uma infiltração no joelho é a aplicação de medicamento, usando seringa e agulha, na articulação do joelho. O medicamento pode ser injetado no espaço articular ou em estruturas ao redor da articulação como cápsula articular, tendões e bursas.

INJEÇÃO JOELHO

INDICAÇÕES

As principais indicações para as injeções no joelho são os processos degenerativos e inflamatórios envolvendo estruturas intra e/ou extra articulares. Artrose, condromalácia, tendinites e bursites são as indicações mais comuns para as injeções no joelho.

VANTAGENS

A injeção de medicamentos no joelho costuma produzir efeitos mais intensos e mais rápidos do que quando os medicamentos são ingeridos por via oral. Evita-se também os efeitos colaterais gastrointestinais que são relativamente comuns com a ingestão de analgésicos e anti-inflamatórios. Existem medicamentos que são específicos para aplicação intra-articular e só podem ser injetados dentro do espaço articular.

MEDICAMENTOS

Anestésicos, analgésicos, anti-inflamatórios, toxina botulínica e ácido hialurônico são os medicamentos mais frequentemente aplicados na articulação do joelho. A combinação de medicamentos, dosagens e frequência das aplicações é determinada pelo médico especialista depois de examinar o joelho e estudar os exames de imagem da articulação doente e/ou lesionada. A ressonância magnética é o exame mais importante para avaliar a articulação do joelho.

ANESTÉSICOS

Medicamentos anestésicos podem ser aplicados diretamente no joelho para diminuição da dor articular intensa ou para provas clínicas como o teste para o diagnóstico da neurite safena. O efeito dos anestésicos em aliviar a dor é imediato mas não é muito duradouro.

CORTICÓIDES

Corticóides são medicamentos anti-inflamatórios muito usados na Ortopedia e na Medicina Esportiva. Corticóides podem ser injetados no joelho para diminuição mais rápida dos processos inflamatórios articulares.

TOXINA BOTULÍNICA

A toxina botulínica tem sido usada no tratamento da dor severa provocada pela artrose em pacientes que não querem e/ou não podem ser submetidos à cirurgia de prótese de joelho. O problema desse tipo de tratamento é o alto custo.

ÁCIDO HIALURÔNICO

A viscossuplementação articular é a aplicação de medicamentos à base de ácido hialurônico no joelho. Esse é o melhor tratamento na atualidade para a artrose, condromalácia e condropatias do joelho. As aplicações reduzem a dor, a inflamação e a velocidade do processo degenerativo da cartilagem.

MÉDICO ESPECIALISTA

A injeção de medicamentos no joelho deve ser feita, preferencialmente, por médico ortopedista especialista em joelho. Esse profissional está familiarizado com a anatomia complexa da articulação. Existem pontos específicos para a aplicação das injeções. O local da aplicação deve ser adequadamente preparado e o procedimento deve seguir todas as regras de assepsia e antissepsia.

WhatsApp
(41) 98824-3384
Cadastro
Agendamento