LESÕES DO JOELHO NO MONTANHISMO

LESÕES DO JOELHO NO MONTANHISMO

O montanhismo é uma atividade bastante difundida e praticada no Brasil. É considerado um esporte ecológico, onde os praticantes fazem marchas por trilhas na montanha, podendo também fazer escaladas técnicas e atividades ecológicas. No Paraná o Clube Paranaense de Montanhismo ( CPM ) existe desde 1.978 e promove muitas atividades.

CONDICIONAMENTO FÍSICO

O praticante de montanhismo precisa ter um bom condicionamento físico se quiser se aventurar nas trilhas mais íngremes ou fazer escaladas técnicas mais complicadas.

LESÕES SÃO INEVITÁVEIS

Por ser uma atividade que exige fisicamente bastante do corpo, as lesões são inevitáveis. Os joelhos são muito solicitados em qualquer atividade na montanha.

JOELHO DO MONTANHISTA

A lesão mais comum no joelho do montanhista é a condromalácia patelar. O mecanismo extensor do joelho é muito sobrecarregado e a cartilagem que reveste a patela pode ser machucada pelas grandes forças compressivas entre a patela e o fêmur que o mecanismo de alavanca do joelho faz ao ser fletido. Depois temos os processos inflamatórios ao redor do joelho: tendinite patelar, tendinite quadricipital e síndrome do trato iliotibial. Finalmente temos as lesões dos meniscos, que são lesionados durante as escaladas ou caminhadas as trilhas íngremes. As roturas ligamentares também acontecem, geralmente em entorses do joelho, mais comumente nas descidas em terrenos escorregadios e irregulares. O ligamento colateral medial e o ligamento cruzado anterior são os mais lesionados. Escoriações e esfoladuras são muito comuns nos joelhos dos montanhistas.

PREVENÇÃO

Os montanhistas devem ter um bom trabalho de alongamento e reforço dos grupos musculares das pernas para diminuir a gravidade das lesões nos joelhos.

ESPECIALISTA

O montanhista deve consultar um MÉDICO ORTOPEDISTA ESPECIALISTA EM JOELHO sempre que sentir algum incômodo ou dor nos seus joelhos. Pequenas lesões podem facilmente se agravar se não forem diagnosticadas e tratadas precocemente.

WhatsApp
(41) 98824-3384