JOELHO QUEBRADO

JOELHO QUEBRADO

Joelho quebrado é a expressão popular para se referir às fraturas envolvendo os ossos do joelho. Fratura óssea é a solução de continuidade de um osso que acontece quando a estrutura óssea sofre uma quebradura. Fraturas envolvendo os ossos na região do joelho são comuns porque a articulação do joelho, devido à sua posição no meio do membro inferior, está relativamente exposta a traumatismos. O joelho é a maior articulação do nosso corpo. É também a articulação mais forte.

JOELHO QUEBRADO

A região do joelho é local de encontro de quatro estruturas ósseas: fêmur, tíbia, patela e fíbula. A fíbula não faz parte diretamente da articulação do joelho, mas está localizada na região da articulação e é local de inserção de tendões e ligamentos que fazem parte da complexa articulação do joelho. Qualquer um dos ossos na região do joelho podem sofrer traumatismos que resultam em fraturas ósseas.

FRATURA DO JOELHO

As fraturas ósseas são classificadas de várias maneiras. Numa fratura sem deslocamento, por exemplo, as partes quebradas permanecem em contato umas com as outras. Numa fratura deslocada as partes quebradas estão separadas ou não alinhadas adequadamente. Fratura cominutiva é a fratura com muitos fragmentos. Uma fratura pode ser exposta quando a pele se rompe e o foco de fratura é exposto.

TRAUMATISMOS

Fraturas no joelho costumam ser resultado de traumatismos de alta energia, quer sejam entorses ou contusões. Pessoas com osteomalácia ou osteoporose têm os ossos enfraquecidos e, consequentemente, mais suscetíveis às fraturas. Crianças também podem sofrer fraturas no joelho, muitas vezes com o comprometimento das placas fisárias de crescimento. As fraturas patológicas acontecem em ossos previamente comprometidos por doenças como cistos e tumores.

FRATURA DO JOELHO

SINTOMAS DE JOELHO QUEBRADO

Os sinais de fratura no joelho são: dor, joelho inchado, diminuição da mobilidade e, eventualmente, incapacidade de deambulação. Em alguns casos o paciente sente a crepitação entre os fragmentos ósseos ao tentar movimentar o joelho quebrado. Fraturas desviadas podem deixar o membro inferior deformado e/ou desalinhado.

DIAGNÓSTICO DAS FRATURAS

Uma fratura de joelho é diagnosticada através de exames de imagem. RX, tomografia computadorizada e ressonância magnética são os exames solicitados pelo médico especialista para fazer o diagnóstico de um joelho quebrado.

TRATAMENTO DE JOELHO QUEBRADO

TRATAMENTO

O tratamento das fraturas do joelho varia de acordo com a gravidade da lesão óssea. Fraturas simples e sem desvio, por exemplo, podem ser tratadas com a imobilização do joelho com uma tala ou gesso. A imobilização deve manter os fragmentos ósseos fraturados em contato e alinhados enquanto o osso cicatriza. Fraturas mais graves podem precisar de cirurgia. Placas, parafusos, cerclagem, hastes intramedulares e fixadores externos podem ser usados para unir os fragmentos ósseos fraturados e mantê-los alinhados.

WhatsApp
(41) 98824-3384
Cadastro
Agendamento