CONDROPATIA

CONDROPATIA

Condropatia é o nome genérico para as doenças e alterações da cartilagem, o tecido branco e brilhante que reveste as extremidades ósseas dentro das articulações. No joelho temos cartilagem revestindo a extremidade distal do fêmur, a extremidade proximal da tíbia e a patela. O fêmur distal articula-se com a tíbia proximal, enquanto que a patela articula-se apenas com o fêmur distal. A condromalácia patelar e a artrose são as patologias da cartilagem que mais acometem o joelho. A condromalácia é uma condropatia patelar, ou seja, uma doença que acomete a cartilagem que reveste internamente a patela do joelho.

CONDROPATIA

O termo condropatia é frequentemente encontrado em laudos do exame de ressonância magnética do joelho. Isso significa que o médico radiologista identificou alterações imaginológicas no tecido condral, ou seja, existem anormalidades na cartilagem do joelho que foi submetido ao exame. Cabe ao médico ortopedista a análise das imagens e a correlação clínica com as queixas e sintomas do paciente para um correto diagnóstico.

CONDROPATIA JOELHO

CONDROMALÁCIA

A condromalácia patelar é a doença que acomete a cartilagem que reveste a patela, o osso móvel localizado na frente do joelho. Nas fases iniciais da doença a cartilagem fica amolecida e, estando amolecida, fica suscetível a sofrer fissuras, erosões e exposição óssea. A condromalácia acomete mais as mulheres jovens. Dor e rangidos na região anterior do joelho são as queixas principais. A dor piora quando se sobe ou desce escadas, agacha, ajoelha ou cruza as pernas. A síndrome da hiperpressão lateral da patela e a patela alta são causas importantes de condromalácia patelar, bem como o excesso de atividades físicas. Quanto mais cedo se faz o diagnóstico da condromalácia, melhores os resultados do tratamento. O exame de ressonância magnética do joelho é essencial para avaliar a cartilagem da patela. O amolecimento da cartilagem pode ser revertido em muitos casos. A aplicação de ácido hialurônico no joelho é um excelente tratamento, principalmente nas fases iniciais. Alguns casos podem precisar de tratamento cirúrgico. Uma condroplastia pode ser feita durante uma artroscopia. A artrose patelofemoral, com exposição do osso subcondral, acontece quando a condromalácia não é diagnosticada e tratada.

ARTROSE

Artrose é a doença degenerativa da cartilagem. Tem característica inflamatória e provoca a dissolução do tecido cartilaginoso. A artrose é a doença que mais acomete o joelho. A doença é mais comum nas mulheres com mais de 65 anos de idade. O tratamento da artrose depende de vários fatores que o médico ortopedista especialista em joelho analisa para instituir o tratamento correto, que é diferente de pessoa para pessoa porque depende das características de como a doença se manifesta num paciente em particular. O tratamento da artrose do joelho é, por causa desses diferentes fatores, diferente para cada paciente. Daí a necessidade de avaliação com médico especialista. O exame de ressonância magnética do joelho é fundamental para avaliação da cartilagem do joelho. Assim como na condromalácia patelar, na artrose do joelho os melhores resultados dos tratamentos acontecem quando o diagnóstico e o tratamento correto da doença são feitos precocemente. A viscossuplementação tem mostrado excelentes resultados.