LESÕES DO JOELHO

5 LESÕES MAIS COMUNS DO JOELHO 

O joelho é a maior articulação do nosso corpo e é também uma das articulações que mais sofre lesões. Ossos, cartilagem, meniscos, ligamentos, tendões e músculos trabalham em conjunto e harmonia para que o joelho execute todos os seus movimentos. As partes móveis da articulação do joelho são bastante sensíveis e propensas a vários tipos de lesões.

ANATOMIA

Dentro da articulação do joelho existem três ossos: o fêmur ( osso da coxa ), a tíbia ( osso da perna ) e a patela ( rótula ). Esses três ossos se encontram para formar a articulação do joelho. A cartilagem articular cobre as extremidades do fêmur e da tíbia, bem como a parte posterior da patela. A cartilagem permite que os ossos da articulação do joelho deslizem suavemente uns contra os outros conforme você dobra ou estica a perna. Os meniscos são estruturas de fibrocartilagem resistentes e elásticas, em forma de cunha, localizados entre o fêmur e a tíbia. Temos dois meniscos no joelho. Os meniscos funcionam como amortecedores de choque entre os ossos do fêmur e da tíbia. Existem quatro ligamentos que unem os ossos e estabilizam a articulação do joelho. O ligamento colateral medial está localizado na parte interna do joelho, enquanto o ligamento colateral lateral está localizado na parte externa. Esses ligamentos controlam a articulação do joelho conforme ela se move para os lados e a estabilizam, protegendo-a de qualquer movimento incomum que possa ocorrer. Os ligamentos cruzados estão dentro da articulação do joelho e se cruzam para criar um “X”. O ligamento cruzado anterior está na frente da articulação do joelho e o ligamento cruzado posterior está localizado atrás dela. Esses ligamentos controlam o movimento para frente e para trás do joelho. Os tendões do joelho conectam os músculos aos ossos. O tendão do quadríceps está localizado na frente da coxa e conecta esses músculos à patela. O tendão patelar conecta a patela à tíbia.

LESÕES

O joelho pode sofrer todo tipo de lesão. Mas existem aquelas mais comuns, que acontecem com mais frequência. Abaixo eu relaciono as 5 lesões mais comuns do joelho.

FRATURA DA PATELA

A patela, por estar localizada na frente do joelho, é suscetível a fraturas quando se cai batendo o joelho no chão ou quando recebe diretamente o impacto de algum objeto.

LUXAÇÃO DA PATELA

A patela pode se deslocar do seu sulco na frente do joelho quando sofre um grande impacto ou em entorse. Na maioria das vezes ela volta ao seu lugar sozinha. A luxação da patela é uma lesão bastante comum em pacientes jovens.

LESÕES LIGAMENTARES

Os ligamentos do joelho podem ser lesionados em entorses. São lesões comuns nos esportes. Os ligamentos sofrem lesões quando são tensionados acima do seu limite, não suportando a força excessiva que receberam. As lesões ligamentares mais comuns do joelho envolvem, em ordem, o ligamento colateral medial ( LCM ), o ligamento cruzado anterior ( LCA ), o ligamento cruzado posterior ( LCP ) e o ligamento colateral lateral ( LCL ). Lesões ligamentares completas podem precisar de reparo cirúrgico.

LESÕES MENISCAIS

As rupturas dos meniscos ocorrem com frequência durante esportes que envolvem saltos ou torções, como o vôlei. As rupturas dos meniscos também são comuns em esportes como futebol e basquetebol, onde os atletas mudam de direção rapidamente enquanto correm. Qualquer tipo de torção, corte ou rotação do joelho pode resultar em ruptura do menisco. Às vezes, o menisco também se rompe com a idade. São as lesões degenerativas, mais comuns em pacientes com mais de 50 anos.

ROTURA DO TENDÃO PATELAR

Roturas do tendão patelar podem acontecer com qualquer pessoa, mas são especialmente comuns em pessoas de meia-idade que correm ou praticam saltos e/ou outras atividades de impacto. Aterrissar desajeitadamente após um salto é uma forma comum de romper o tendão patelar, que é incapaz de suportar forças excessivas de hiperextensão. As quedas, com traumatismo direto, também podem causar rotura do tendão patelar.

WhatsApp
(41) 98824-3384
Cadastro
Agendamento