TENDINOSE NO JOELHO

TENDINOSE NO JOELHO

Tendinose no joelho é uma causa importante de dor crônica. Os tendões, anatomicamente falando, são faixas ou cordões, de coloração esbranquiçada, constituídos de tecido conjuntivo, que fazem a ligação entre os músculos e os ossos. Os tendões transmitem a força muscular para os ossos, permitindo os movimentos das articulações. Vários tendões têm origem ou se inserem nos ossos que formam o joelho. Um tendão pode sofrer um processo inflamatório. Quando a inflamação é aguda chamamos o processo de tendinite. Quando a inflamação é crônica chamamos o processo de tendinose. Tendinose costuma ser consequência de uma tendinite que não foi diagnosticada e/ou tratada corretamente ou ainda de tendinites de repetição.

TENDINOSE NO JOELHO

Tendinoses podem se desenvolver em qualquer um dos tendões que têm origem ou que se inserem na região do joelho, porém são diagnosticadas mais comumente no tendão patelar. Na tendinose o processo inflamatório que acomete o tendão já se cronificou e o tendão já está em processo de degeneração. Um tendão com tendinose está mais propenso a sofrer uma rotura porque o processo degenerativo deixa o tendão mais fraco. A rotura do tendão patelar acontece, muitas vezes, porque o tendão estava acometido pela tendinose.

TENDINOSE TEM CURA?

A tendinose pode ser curada, porém o processo de cicatrização do tendão acometido por tendinose é mais lento do que nos casos de tendinites. Os tendões são estruturas mal vascularizadas e o processo de reparação cicatricial, por esse motivo, é mais demorado quando comparado com um tecido ricamente vascularizado.

SINTOMAS

Dor e inchaço no joelho são os sintomas mais comuns da tendinose. Tendões acometidos pela tendinose costumam ficar mais espessos do que o normal e são doloridos à compressão e a movimentos contra resistência. Eventualmente podem apresentar inchaço no local e crepitação durante os movimentos do joelho quando existe tenossinovite.

TENDINOSE JOELHO

DIAGNÓSTICO

O diagnóstico de tendinose no joelho é feito através do exame de ressonância magnética. Esse exame é fundamental para identificação do tecido degenerado dentro do tendão.

TRATAMENTO

O tratamento da tendinose do joelho costuma, inicialmente, ser conservador e é semelhante ao tratamento de uma tendinite, porém pode precisar de mais tempo de tratamento até a recuperação do tendão acometido. Medicamentos anti-inflamatórios, repouso relativo e sessões de fisioterapia são fundamentais. A cirurgia é indicada nos casos onde o tratamento conservador não apresenta resultados. Uma tendinose pode precisar de até 6 meses de tratamento.

CIRURGIA PARA TENDINOSE

Alguns casos de tendinose no joelho precisam de tratamento cirúrgico. O tendão acometido pela tendinose é aberto e o tecido degenerado é ressecado. A cirurgia pode ser necessária para permitir que o processo de cicatrização do tendão seja mais rápido.