LESÕES DO JOELHO NO TÊNIS

LESÕES DO JOELHO NO TÊNIS

O número de praticantes de tênis no Brasil vem crescendo muito nos últimos anos, principalmente depois do fenômeno Guga. Aumentando o número de participantes, aumentou também o número de lesões relacionadas ao esporte. O tênis é um esporte que exige muito dos joelhos. Esportes com raquete, em geral, envolvem movimentos bruscos de um lado para o outro e impõem esforços valgos e rotatórios significativos no joelho. A maioria das lesões nos joelhos dos tenistas são causadas por traumatismos indiretos resultantes desses estresses agudos e do uso excessivo da articulação. Mulheres e jogadores com mais de 40 anos de idade parecem ter uma incidência um pouco mais alta de lesões nos joelhos quando comparados com os outros atletas.

LESÕES

As lesões mais comuns nos joelhos dos tenistas são: tendinite patelar, condromalacia patelar, lesão do ligamento cruzado anterior ( LCA ), lesão de menisco, lesão do ligamento colateral medial ( LCM ) e fraturas de estresse. A lesão do LCA e dos meniscos costuma precisar de tratamento cirúrgico, o que significa o afastamento do tenista da quadra por alguns meses.

PREVENÇÃO

Os tenistas devem fazer um bom trabalho de alongamento e reforço dos grupos musculares das pernas para diminuir a incidência e a gravidade das lesões nos joelhos.

ESPECIALISTA

O tenista deve consultar um MÉDICO ORTOPEDISTA ESPECIALISTA EM JOELHO sempre que sentir algum incômodo ou dor nos seus joelhos. Pequenas lesões podem facilmente se agravar se não forem diagnosticadas e tratadas precocemente.