ORIENTAÇÕES PARA CIRURGIA DE PRÓTESE DE JOELHO

Você foi submetido (a) a uma cirurgia para substituição da articulação do joelho, chamada de artroplastia. A partir de agora você terá que se adaptar com o seu novo joelho. O bom resultado da cirurgia depende dos cuidados e do seguimento das orientações aqui colocadas.

AJUDA

É importante que algum familiar ou alguém contratado fique sempre com você nas primeiras semanas depois da cirurgia. Nunca fique sozinho e nem queira fazer as coisas sem auxílio nas primeiras semanas depois de operado.

MEDICAMENTOS

Tome corretamente todos os remédios prescritos. São analgésicos, antiinflamatórios, antibióticos e antitrombóticos.

MEIAS COMPRESSIVAS

Use as meias compressivas nas duas pernas. Poderá retirá-las à noite, quando for dormir. O seu uso é muito importante para evitar trombose e embolia.

GELO

Compressas de gelo poderão ser feitas para diminuir a dor e evitar que o joelho inche muito. Cubra o joelho com um plástico para não molhar o curativo. Coloque uma toalha de rosto sobre este plástico. Sobre a toalha coloque a bolsa de gelo. As compressas frias poderão ser feitas várias vezes no dia e não devem passar de 30 minutos cada vez. O intervalo entre elas pode ser de 2 horas.

MOVIMENTAR AS PERNAS

Evite ficar muito tempo deitado. Procure ficar mais tempo sentado e faça sempre exercícios com as pernas, mesmo quando estiver sentado. Movimente bastante os pés para ativar a circulação das pernas e procure dobrar e esticar o joelho operado, sempre com cuidado, até onde for confortável. Não deixe o joelho muito tempo parado. Seu novo joelho foi feito para mexer.

ANDAR

Sempre que possível fique em pé e ande um pouco, com o auxílio do andador. Isso é muito importante para acelerar a sua recuperação. Ande devagar, com cuidado, um passo de cada vez. Vá aumentando as distâncias à medida que for se sentindo mais confortável.

RESPIRAÇÃO

Quando sentado faça sempre os exercícios respiratórios que aprendeu no hospital, fazendo inspirações e expirações longas e forçadas e também tussa algumas vezes.

ALIMENTAÇÃO

É normal a perda de apetite, principalmente nos primeiros dias depois de operado. Uma boa alimentação, no entanto, é necessária para a cicatrização rápida dos tecidos. Mesmo que não sinta fome, procure se alimentar bastante e ingerir muita proteína – carne, leite, queijos, iogurte, ovos, etc…

SONO

Durante o sono o nosso organismo acelera os processos de cicatrização. Por esse motivo é que o repouso e boas horas de sono nos dias seguintes à cirurgia ajudam muito no processo de recuperação.

RELAXAMENTO E VISUALIZAÇÕES

Exercícios de relaxamento e técnicas de visualização podem ajudar muito na sua recuperação. Você pode consultar um psicólogo antes da sua cirurgia para aprender esses exercícios.

CURATIVOS

Os primeiros curativos serão feitos pelo médico. Quando autorizado, você poderá fazer os curativos em casa, seguindo as seguintes orientações: é importante que a incisão fique sempre muito limpa, bem seca e coberta com gazes. Não passe nada sobre a incisão ( pomadas, pó secante, etc… ). Pode tomar banho e molhar os pontos ou grampos. É importante secá-los muito bem depois do banho. Para isso use um secador de cabelos com ar quente, que além de secar bem a região retirará a umidade no local. Cubra a incisão com gazes estéreis e fixe-as na pele com a fita Micropore®.

FISIOTERAPIA

Faça as sessões de fisioterapia conforme solicitado. Se puder contratar um fisioterapeuta para ir na sua casa nas primeiras semanas, o conforto será maior, já que evitará grandes deslocamentos.

INCHAÇO / EQUIMOSES

É comum que a perna inche um pouco e que equimoses e hematomas apareçam, algumas vezes em grandes áreas. O curativo pode também ter um pouco de secreção, normalmente sangue, que costuma desaparecer em alguns dias.

TROMBOSE VENOSA PROFUNDA

Fique atento aos sinais e sintomas de trombose venosa profunda: dor súbita e de forte intensidade na panturrilha, com grande inchaço, dor para movimentar a perna e sem alívio com os remédios. Avise o médico.

EMBOLIA PULMONAR

Fique atento aos sinais e sintomas de embolia pulmonar: tosse de início súbito, falta de ar, dor forte no peito e tonturas. Avise o médico e procure imediatamente o pronto-socorro do hospital onde você foi operado.

SINAIS DE INFECÇÃO

Fique atento aos sinais de infecção: vermelhidão intensa ao redor da incisão cirúrgica, joelho muito inchado, vazamento de secreção pelo curativo, dor intensa para mexer a articulação, febre alta e suores no corpo. Avise o médico.

REAVALIAÇÕES

As consultas para reavaliação são muito importantes.

WhatsApp
(41) 98824-3384