LESÕES DO JOELHO NO BEISEBOL

LESÕES DO JOELHO NO BEISEBOL

O beisebol é um dos esportes mais populares nos Estados Unidos. Lá as crianças costumam praticar beisebol desde pequenas, nas escolas. No Brasil o esporte está se popularizando e ainda não é muito conhecido da população geral. Estados Unidos, Japão, Coréia do Sul e Cuba são as potências mundiais do beisebol.

ESPORTE PERIGOSO

Num primeiro momento podemos pensar que o beisebol não é um esporte perigoso. Imagina-se que as lesões sejam comuns nos ombros e braços devido a ele ser um esporte com arremessos e tacadas. Mas as estatísticas mostram um número muito grande de lesões acometendo várias partes do corpo, com alta incidência de lesões nos joelhos. As corridas que os jogadores precisam fazer entre as bases, com rápidas mudanças de direção, e as diferenças na superfície do campo são fatores que colaboram para as lesões nos joelhos.

LESÕES COMUNS

As lesões mais comuns nos joelhos dos jogadores de beisebol são aquelas que envolvem os meniscos, muito lesionados nos corredores e catchers, os jogadores que ficam agachados para receber a bola arremessada. Nas lesões onde a estrutura meniscal é rompida, o tratamento costuma ser cirúrgico. A seguir temos as lesões ligamentares do joelho, envolvendo o ligamento cruzado anterior ( LCA ) e o ligamento colateral medial. A rotura do LCA exige tratamento cirúrgico. Já a lesão do ligamento colateral medial exigirá cirurgia apenas nos casos onde a lesão for extensa.

PREVENÇÃO

Os jogadores de beisebol devem fazer um bom trabalho de reforço muscular dos membros inferiores, além dos exercícios para melhora da propriocepção, como forma de diminuir a incidência e a gravidade das lesões nos joelhos.

ESPECIALISTA

O jogador de beisebol deve consultar um MÉDICO ORTOPEDISTA ESPECIALISTA EM JOELHO sempre que sentir algum incômodo ou dor nos seus joelhos. Pequenas lesões podem facilmente se agravar se não forem diagnosticadas e tratadas precocemente.

WhatsApp
(41) 98824-3384