LESÕES DO JOELHO EM ESQUIADORES

LESÕES DO JOELHO EM ESQUIADORES

O esqui é um esporte cada vez mais praticado por brasileiros. Como não temos neve no Brasil, os atletas costumam praticar o esqui em outros países. Temos boas pistas aqui na América do Sul, na Argentina e no Chile, além das clássicas estações europeias, norte-americanas e canadenses.

EQUIPAMENTOS

A evolução dos equipamentos diminuiu bastante a gravidade das lesões nos joelhos dos esquiadores, mas elas ainda são muito frequentes. Nos Estados Unidos estima-se que ocorram cerca de 500.000 lesões por ano em esquiadores, sendo que 85% se deve a quedas. A articulação do joelho é a que mais sofre lesões no esqui.

LESÕES

A lesão mais comum no joelho de esquiadores envolve o ligamento colateral medial, que pode sofrer desde uma distensão leve até o rompimento completo. O ligamento colateral medial, ou LCM, localiza-se na parte de dentro do joelho. A segunda lesão mais comum é a rotura do ligamento cruzado anterior ( LCA ), que é rompido quando o joelho sofre uma entorse durante a queda. Cerca de 30% das lesões em esquiadores são lesões do LCA. A terceira lesão mais frequente envolve o rompimento dos meniscos, que também costumam ser lesionados durante entorses. As roturas ligamentares e de menisco costumam precisar de tratamento cirúrgico.

PREVENÇÃO

Treinamentos específicos para o reforço muscular dos membros inferiores e para aumentar a propriocepção podem ajudar a diminuir a alta incidência de lesões graves nos joelhos dos esquiadores.

WhatsApp
(41) 98824-3384