CÉLULAS-TRONCO JOELHO

CÉLULAS-TRONCO PARA O JOELHO

CÉLULAS-TRONCO PARA O JOELHO

Tratamentos usando células-tronco estão sendo divulgados em várias clínicas em todo o mundo para o tratamento de várias doenças. O tratamento para a ARTROSE NO JOELHO é um dos mais populares. Mas será que esse tipo de terapia realmente funciona?

ESTUDOS SOBRE CÉLULAS-TRONCO

Vários estudos conduzidos em diferentes centros de pesquisa médica concluíram que TERAPIAS USANDO CÉLULAS-TRONCO NÃO REGENERAM A CARTILAGEM DE PACIENTES COM ARTROSE NO JOELHO. Ou seja, esse tipo de terapia não é capaz de regenerar a cartilagem do joelho com artrose ou de curar a artrose.

DIMINUIÇÃO DA DOR

Os pacientes que receberam o tratamento relataram uma diminuição da dor no joelho artrósico durante alguns meses. Depois de aproximadamente 6 meses a dor voltava a ter a intensidade de antes do tratamento. Exames de RESSONÂNCIA MAGNÉTICA feitos antes, durante e depois da aplicação de células-tronco no joelho não mostraram a regeneração da cartilagem. O alívio da dor, segundo as pesquisas, se deve à diminuição do processo inflamatório após a aplicação. Essa diminuição da inflamação também é observada nos joelhos que são submetidos a artroscopia, aplicação de anti-inflamatórios e/ou aplicação de ÁCIDO HIALURÔNICO. Mas a regeneração da cartilagem, ou a cura da artrose, que é a promessa do tratamento, não foi comprovada. Os estudos mostraram também que esse tipo de terapia é inofensivo para o joelho. Ou seja, mal não faz, mas também não faz o que é prometido: regenerar a cartilagem ou curar a artrose. Um dos estudos mostrou que os pacientes estavam valorizando excessivamente o tratamento que haviam recebido, provavelmente para justificar o alto valor do investimento financeiro que fizeram.

PESQUISA CIENTÍFICA COM CÉLULAS-TRONCO

FDA nos Estados Unidos, bem como a ANVISA, a ANS e o CFM no Brasil, não permitem essas terapias, exceto em casos de pesquisa científica. Existem resoluções do CFM sobre o assunto.

CUIDADO COM AS TERAPIAS COM CÉLULAS-TRONCO

Um dos maiores estudiosos de células-tronco do mundo é o Dr. George Daley, que é professor na Universidade de Harvard e ex-presidente da SOCIEDADE INTERNACIONAL PARA A PESQUISA COM CÉLULAS-TRONCO ISSCR ). Alguns anos atrás o doutor Daley fez um alerta nos Estados Unidos: CUIDADO COM AS TERAPIAS COM CÉLULAS-TRONCO. Segundo o professor, faz mais ou menos 20 anos que começaram os estudos com células-tronco nos Estados Unidos. A descoberta de que essas células poderiam se transformar em qualquer tecido do nosso corpo abriu um novo campo de pesquisas com grandes promessas para o tratamento de diversas doenças. O professor observou, no entanto, que essas pesquisas ainda estão no laboratório e que os poucos testes clínicos que começaram encontram-se ainda na sua fase inicial. Por outro lado, várias empresas, médicos e clínicas estão anunciando que fazem tratamento com células-tronco. Segundo o doutor Daley, não existe ciência alguma por trás das terapias oferecidas. Elas apenas expõem os pacientes a perigos ainda desconhecidos e tratamentos que não funcionam, alimentando a esperança em pessoas que sofrem, na maioria das vezes com objetivos financeiros. O professor Daley orienta os pacientes para que visitem o site da ISSCR, leiam o MANUAL DO PACIENTE e obtenham informações das autoridades locais antes de se submeter a qualquer terapia com células-tronco.

WhatsApp
(41) 98824-3384