SUTURA DE MENISCO

SUTURA DE MENISCO

O menisco é uma estrutura anatômica muito importante no joelho. O joelho é a maior articulação do corpo humano. Ele é formado pela união da extremidade inferior do fêmur ( osso da coxa ), extremidade superior da tíbia ( osso da perna ) e pela patela ( ou rótula ) anteriormente. Entre o fêmur e a tíbia encontram-se duas estruturas de fibrocartilagem, com o formato de meia-lua, chamadas de meniscos. Eles funcionam como amortecedores, fazendo a adaptação entre as superfícies cartilaginosas dos dois ossos. O joelho é uma articulação de carga, porque suporta o peso do nosso corpo, e dentro dos nossos joelhos são os meniscos que recebem e transferem parte significativa das forças do fêmur para a tíbia.

BIOMECÂNICA

Inúmeros estudos biomecânicos demonstraram a grande importância da integridade dos meniscos para a articulação do joelho. Os meniscos aumentam a área da superfície de transmissão de carga entre o fêmur e a tíbia, auxiliam na lubrificação articular ( essencial para a nutrição da cartilagem ) e atuam como estabilizadores secundários do ligamento cruzado anterior ( LCA ).

FOCO DO TRATAMENTO

O foco do tratamento das lesões meniscais mudou bastante nos últimos anos à medida que novos conhecimentos sobre anatomia, fisiologia e biomecânica foram sendo descobertos e melhor compreendidos. A remoção sistemática de meniscos lesionados faz parte do passado. Atualmente o objetivo principal do tratamento de uma lesão no menisco é preservar o máximo possível da sua estrutura. O reparo da lesão com suturas, quando possível, deve ser a melhor opção.

REPARO DE MENISCO

REPARO DA LESÃO

A maioria dos estudos estima que cerca de apenas 15% das lesões meniscais são passíveis de reparação ( lesões suturáveis ), sendo que a maioria dessas lesões reparáveis está associada com a lesão concomitante do ligamento cruzado anterior ( LCA ). O objetivo da sutura meniscal é reduzir a dor e, preferentemente, restaurar a função do menisco lesionado, mantendo o menisco original. A manutenção do menisco é importante para preservar a cartilagem, evitando o desenvolvimento da artrose.

TIPOS DE LESÃO

As lesões de menisco passíveis de sutura precisam atender algumas características: devem estar localizadas na região vascularizada do menisco, devem ser recentes, o paciente deve ser jovem, se forem lesões verticais a profundidade deve ser parcial e se forem lesões longitudinais a extensão não deve ser maior do que 30 mm. Lesões antigas e/ou em meniscos degenerados não são passíveis de sutura porque os resultados não são bons.

ARTROSCOPIA

A sutura de menisco, quando indicada, pode ser feita por artroscopia. Dependendo da técnica escolhida pelo cirurgião, pequenas incisões acessórias podem ser necessárias para que as suturas sejam feitas com segurança.

WhatsApp
(41) 98824-3384
Cadastro
Agendamento