LESÕES DO JOELHO NO FUTEBOL E CHUTEIRAS

LESÕES DO JOELHO NO FUTEBOL E CHUTEIRAS

O pesadelo de todo jogador de futebol é a lesão do ligamento cruzado anterior ( LCA ) porque o atleta precisa passar por uma cirurgia para reconstrução do ligamento e o período de afastamento do esporte dura vários meses. No retorno ao futebol, muitas vezes, não se consegue atingir os níveis físicos de antes da lesão. As lesões nos meniscos também são problemáticas para os futebolistas. Apesar de serem menos graves do que uma rotura ligamentar, muitas lesões de menisco precisam de tratamento cirúrgico e o jogador lesionado ficará afastado dos campos por algum tempo.

LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR

O ligamento cruzado anterior é o mais importante ligamento do joelho. Ele está localizado no centro da articulação, une o fêmur à tíbia, e é o responsável por impedir a translação anterior e rotacional lateral da tíbia em relação ao fêmur. Quando o LCA está rompido o joelho fica instável e, quando submetido a algum esforço de maior intensidade, pode falsear. O LCA é rompido quando o joelho sofre uma entorse. Na torção o corpo gira sobre o joelho que está firmemente preso ao solo. É muito difícil jogar futebol com o joelho instável porque o joelho irá falsear, doer e inchar.

MENISCO

Os meniscos são duas estruturas de fibrocartilagem localizadas no joelho. Eles fazem a adaptação do fêmur com a tíbia. As lesões meniscais são muito comuns em jogadores de futebol porque os movimentos rotacionais do joelho no esporte sobrecarregam os meniscos. É muito difícil jogar futebol com uma lesão de menisco porque o joelho irá doer, inchar e poderá até ficar bloqueado.

CHUTEIRAS

CHUTEIRAS

A chuteira é um fator importante para a ocorrência da lesão do LCA porque é ela que deixa o pé firmemente preso ao solo. Existem diferentes tipos de chuteiras e o solado delas difere em relação ao tamanho, material, formato, disposição e número de travas. A chuteira deve ser adequada para o campo em que se está praticando o futebol, permitindo um grau adequado de aderência do pé do jogador ao terreno para que o atleta não escorregue nas corridas e dribles, porém essa aderência não pode ser demasiada porque pode provocar lesões, entre elas o rompimento do ligamento cruzado anterior que é muito frequente no futebol. A incidência de lesões do LCA parece ter aumentado com o uso das chuteiras mais modernas que têm travas altas e retangulares. Essas chuteiras praticamente impedem a rotação do pé quando ele está apoiado no gramado. Alguns times europeus proibiram seus jogadores de usar esse tipo de chuteira e verificaram uma diminuição no número de lesões nos joelhos dos atletas. Jogadores, clubes, preparadores físicos, técnicos, médicos do esporte e os fabricantes de materiais esportivos estão constantemente trocando informações para o aperfeiçoamento das novas chuteiras.

ESCOLHA CORRETA

Os fabricantes alertam os jogadores de futebol para que escolham corretamente a sua chuteira conforme as características do campo onde o futebol será jogado. A escolha da chuteira correta pode evitar lesões nos joelhos. Em alguns jogos as chuteiras podem precisar ser trocadas durante a partida como, por exemplo, em dias chuvosos.

WhatsApp
(41) 98824-3384
Cadastro
Agendamento