PREVENÇÃO DA ARTROSE

PREVENÇÃO DA ARTROSE DO JOELHO

ARTROSE é o nome que se dá ao desgaste da cartilagem, o tecido branco e brilhante que reveste as extremidades dos ossos dentro da articulação, formando uma superfície lisa e regular para que eles possam se articular.

ESTATÍSTICA

Dados do Ministério da Saúde informam que mais de 15 milhões de pessoas sofrem de artrose no Brasil. A Organização Mundial da Saúde afirma que a artrose é a quarta doença que mais reduz a qualidade de vida.

DOR É O PRINCIPAL SINTOMA

A articulação mais acometida pela artrose é o joelho. A dor é o principal sintoma. Com o passar do tempo o joelho começa a apresentar inchaços, fazer barulhos e a perna parece começar a entortar. Nos casos mais avançados é a dor o sintoma que mais incapacita o paciente, afetando muito sua qualidade de vida.

MULHERES SÃO MAIS ACOMETIDAS

A artrose do joelho acomete mais mulheres do que homens e a incidência é maior com o aumento da idade.

CARTILAGEM NÃO SE REGENERA

Não existe ainda um tratamento efetivo para regenerar a cartilagem hialina que se desgastou e que possa ser rotineiramente usado para os nossos pacientes no consultório. A cartilagem gasta do joelho não se regenera.

PREVENÇÃO

Enquanto a cura definitiva para a doença não é descoberta, o importante é a prevenção. Então a pergunta que fazemos é a seguinte: como evitar a doença? Existe alguma coisa que eu possa fazer para evitar a artrose nos meus joelhos?

FATORES NÃO-MODIFICÁVEIS

Não temos muito o que fazer para interferir nos fatores não-modificáveis da doença, que são as causas genéticas, a idade avançada, malformações ou sequelas de traumatismos. Mas podemos fazer alguma coisa para interferir nos fatores modificáveis.

FATORES MODIFICÁVEIS

Em primeiro lugar, para evitar a artrose no joelho, é preciso manter o peso corporal dentro da faixa de normalidade. Pessoas com o peso acima do ideal são mais propensas a desenvolver artrose no joelho e a velocidade do desgaste é maior em pessoas com sobrepeso ou obesas. Estudos mostraram que a obesidade pode provocar artrose não apenas pela sobrecarga mecânica, mas porque a gordura corporal em excesso produz uma substância chamada adipocina, que provoca a artrose e piora a inflamação.

Em segundo lugar deve-se largar o cigarro. Fumantes têm maiores chances de desenvolver artrose e a velocidade da degeneração da cartilagem é bem maior em pessoas que fumam.

Em terceiro lugar deve-se evitar atividades de muito impacto ou que forcem demais os joelhos. Determinados esportes ou certas profissões exigem demais dos joelhos e isso é uma causa importante para o aparecimento da artrose no futuro.

Em quarto lugar é preciso fazer alguma atividade física regular para movimentação dos joelhos, além de exercícios de alongamento e fortalecimento muscular.

CHECK-UP MÉDICO

Por último é importante sempre fazer um check-up médico para manter a saúde em dia. Doenças como hipotireoidismo, diabetes e gota, por exemplo, aumentam o risco de desenvolvimento de artrose.

AVALIAÇÃO COM ESPECIALISTA

O importante é a prevenção. Se você tem pessoas com artrose na sua família consulte um MÉDICO ORTOPEDISTA ESPECIALISTA EM JOELHO para ser examinado e fazer exames. Existem tratamentos para evitar a progressão da doença, mas ela precisa ser diagnosticada ainda no seu início.

WhatsApp
(41) 98824-3384