PONTOS - CIRURGIA DE JOELHO

PONTOS DA CIRURGIA DO JOELHO

Suturas feitas com vários pontos são usadas para fechar a incisão depois de um procedimento cirúrgico. Os pontos da sutura aproximam os tecidos que foram incisados, permitindo que eles cicatrizem de forma rápida e com a mínima formação de tecido cicatricial. Existem pontos que precisam ser retirados e existem pontos feitos com fios de sutura absorvíveis, que não precisam ser retirados.

FIOS DE SUTURA

Existem diversos tipos de fios de sutura, cada um indicado para uma situação específica. Os fios diferem entre si em relação ao material, espessura e absorção. Nas cirurgias de joelho os fios mais comumente usados para aproximação da pele, e que precisam ser retirados, são de nylon monofilamentar ( mononylon ). Algumas vezes usamos grampeadores cirúrgicos automáticos para o fechamento de incisões maiores, como na cirurgia de prótese de joelho. Os grampos metálicos precisam ser retirados com um extrator próprio. Como a maioria das cirurgias de joelho são feitas por artroscopia, normalmente são feitos dois ou três pontos apenas.

CIRURGIÃO

O médico cirurgião que fez a sutura é a melhor pessoa para avaliar o estado do curativo, o aspecto da incisão, a fase da cicatrização e se já é possível retirar os pontos com segurança. Na ausência do médico cirurgião, uma enfermeira com experiência na área cirúrgica pode retirar os pontos do paciente.

TEMPO

Uma dúvida bastante frequente dos pacientes é sobre o tempo necessário para retirada dos pontos. O número de dias que se deve esperar para retirar os pontos de uma cirurgia no joelho dependem de vários aspectos. O médico cirurgião informará o paciente sobre a data correta para retirada dos pontos. Os pontos não podem ser retirados antes do tempo e não devem ficar mais dias do que o necessário.

RETIRADA

Não recomendamos que os pacientes tirem os pontos por conta própria. Apesar de ser um procedimento aparentemente simples de ser feito, o paciente não tem formação na área médica para identificar fatores importantes relacionados à sutura: material do fio ou do grampo que foi usado, tipo de sutura executada, fase de cicatrização da ferida cirúrgica, presença de processo infeccioso, presença de crosta hemática, etc…

CICATRIZAÇÃO

Lembramos ainda que não basta retirar os pontos. A cicatrização continua por vários meses depois de removida a sutura e o médico cirurgião deve acompanhar todas as fases do processo de cicatrização até o seu término. Alguns cuidados podem ser necessários como proteção do sol, uso de fita adesiva sobre a incisão e/ou uso de pomadas para evitar a formação de cicatrizes hipertróficas ou queloides. O médico cirurgião indicará os cuidados a serem tomados após a retirada dos pontos.

WhatsApp
(41) 98824-3384
Cadastro
Agendamento